"O SILÊNCIO"



Trecho do filme legendado em português.


Texto por Jafar Kazerooni.



Mohsen Makhmalbaf, com "O Silêncio", abandona os temas políticos e assina um filme resolutamente poético.

Construído num tom bem definido, a exemplo das grandes histórias persas, o diretor descreve o universo de um pequeno garoto de 10 anos, cego, chamado Khorshid (sol, em persa). Khorshid é afinador de instrumentos tradicionais numa oficina dirigida por um velho artesão. O menino vive com sua mãe em um pequeno vilarejo do Tadjikistan. Sua vida é completamente regulada ritmicamente pelos sons que influem em suas ações, a beleza da voz de uma vendedora de pães, as músicas ouvidas nas ruas, as mínimas notas, o fazem perder o caminho e esquecer-se de suas responsabilidades.

Khorshid é obcecado por quatro batidas que o acompanham diariamente, quatro batidas harmonizadas de maneira que o fazem lembrar das primeiras notas da quinta sinfonia de Beethoven. Cada acontecimento sonoro, serve de pretexto para que ele abandone seus deveres e busque harmonizá-los de modo a lembrar da música que tanto o fascina, para ele, o maior exemplo de musicalidade perfeita.

Em sua jornada, Khorshid é acompanhado de perto por uma espécie de anjo, sua graciosa amiga Nadirah, com suas roupas multicoloridas e tranças longas, que longe dos olhares repreendedores, decora as unhas com pétalas de flores e usa cerejas como brincos, fantasiando um mundo onde se é livre para expressar sua feminibilidade.

"O Silêncio", com seu roteiro e direção bem construídos, além de uma fotografia maravilhosa, é um hino poético, uma mensagem para vivermos com intensidade o momento presente, como diz a poesia de Omar Khayyam declamada no ônibus pelas estudantes e por Khorshid;

"Não fales mais sobre o que aconteceu ontem. Não te preocupes com o que acontecerá amanhã. Não confie no futuro nem no passado. Viva o presente, não desperdice tempo."

Um magnífico filme.



Informações para download:
Filme: Sokout - Mohsen Makhmalbaf (1998) (695 MB)Legenda: Sokout - Legenda.zip (10 KB)


OBS.: Para fazer downloads dos filmes é necessário ter um cliente torrent, recomendamos o utorrent (clique no link para baixar o software)

5 comentários:

Fábia Nogueira disse...

Increvelmente sensível, o comentário e o filme. Bom ver novamente. Um presente.

Ailatandias disse...

Olá, tudo bem ?
Achei incrivel todo o seu blog, sou estudante do curso de Mídia e estou comçando um projeto de pesquisa sobre filmes iranianos, com enfoque mais sobre a presença feminina no cinema iraniano. Se tiveres alguma dica, ficarei supere grata.

Att,
Natalia (ailatandias@gmail.com)

lfstumpo disse...

Olá, na verdade não é um comentario,
tenho uma amiga que procura um filme e eu gostaria de achar e baixar pra ela. veja abaixo:

Aliás, procuro um filme que conta a história de uma menina que se traja de menino, em meio aos talibãs, p/ sustentar a mãe - Se alguém souber o nome, me fale, por favor!!!!!

esse é o texto dela que achei, alguém sabe e pode me ajudar a achar....agradeço desde já, valeu

aline disse...

adorável seu blog. espero que ele tenha vida longa, muito longa. será um prazer acompanhar.

Ceci disse...

Gostei de encontrar seu blog, descobri filmes iranianos no canal futura, coisa que não se vê. Vi O Silencio e fiquei impressionada com a poesia em cada cena, em cada gesto do menino e sua amiga. Vi um outro filme que gostaria que fosse estudado, GABBEH, de uma beleza indescritível.
Obrigada por compartilhar interesses.